Bob Dylan, Tarantula, Folha de S.Paulo / Ilustríssima

2017, Tarantula do Bob Dylan

O livro “Tarantula” de Bob Dylan, lançado em 1971, agora também foi editado em português. A Folha publicou um trecho desse texto, escrito no estilo de “fluxo de consciência”, na contracapa da Ilustríssima. Essa foi a minha ilustração que se refere à menção de um incêndio neste texto bastante aberto.

“A Fonte do Esquecimento” e “Una e o Leão”

Acabei de receber os meus exemplares de autor das minhas obras mais recentes: A Fonte do Esquecimento e Una e o Leão, ambos projetos muito queridos.

Na Fonte experimentei com um estilo bem vienense, art-nouveau e gostei bastante dos resultados. Com certeza vou trabalhar um pouco nesta direção em alguns projetos futuros. Se trata de uma coleção de contos antigos e pouco conhecidos pesquisados e adaptados por Heloisa Prieto, que também é a autora do próximo livro. Editora Edelbra, ISBN 978-85-66470-99-4. Mais imagens.

Na Una experimentei com um traço mais difuso, menos definido do que normalmente, trabalhando mais com sombras e volumes. Busquei referências no renascimento alemão por se tratar de uma história originalmente escrita no seculo 16 (embora inglesa), pelo contemporâneo de Shakespeare, Edmund Spenser. Editora Sesi-SP, ISBN 978-85-8205-963-0. Mais imagens.